10 Mitos sobre a Produtividade que Tem de Parar de Perseguir

Hoje muitos de nós estamos na busca da produtividade, experimentando diferentes ferramentas e técnicas. Contudo, tentando ser o mais eficazes possível, muitas vezes aspiramos não à produtividade em si, mas à ideia da mesma. Lemos artigos inteligentes, seguimos os conselhos de especialistas sem qualquer dúvida e esperamos que funcione.

A verdade é que não existe uma receita universal de produtividade adequada para todos. Para ter sucesso, é preciso ter em consideração os mitos existentes sobre produtividade. Vamos cobrir os mais difundidos neste artigo.

Mito #1. A ave madrugadora apanha a minhoca

Admitamos que todos já se depararam com um artigo como "Porque é que um líder bem sucedido se deve levantar às 4 da manhã". Levantar-se cedo contribui realmente para uma maior produtividade? Habituámo-nos a pensar que, graças ao acordar cedo, temos tempo adicional para resolver as tarefas actuais e os atrasos. Mas isso não é inteiramente verdade. De acordo com vários estudos, para ser o mais eficaz, deve trabalhar na altura que for mais conveniente para si.

Se notar que é realmente produtivo e consegue concentrar-se bem durante as horas da manhã, tente resolver as tarefas mais importantes na primeira metade do dia. O mesmo se aplica aos "noctívagos": utilize a noite e a noite com a máxima vantagem. O que realmente impede a sua produtividade é a tentativa de se fazer trabalhar na hora que não é conveniente para o seu organismo.

Mito #2. Só se deve ser produtivo no escritório

Esta afirmação era provavelmente justa há uma década atrás quando não havia aplicações úteis em mãos, mas já não é verdadeira no mundo de hoje. Muitos estudos mostram que trabalhar em casa ou num café aumenta de facto a sua produtividade. Com as ferramentas certas, as equipas remotas e distribuídas podem trabalhar tão eficazmente como as que trabalham constantemente num escritório.

Trata-se sobretudo de preferências e hábitos. As pessoas que se sentem à vontade para trabalhar no escritório rodeadas pelos colegas serão as mais produtivas no escritório. No entanto, os introvertidos e os homebodies alcançam frequentemente o maior sucesso como empregados remotos. A questão é que as pessoas são mais produtivas quando trabalham em condições confortáveis.

Mito #3. Dormir é para os fracos

Dormir bem como acordar é um factor individual. Algumas pessoas precisam de mais de 8 horas de sono todos os dias, mas para algumas pessoas, 6 horas são bastante suficientes. Além disso, a necessidade individual de dormir pode variar dependendo do humor, da estação do ano, da tensão mental e outros factores. No entanto, a falta de sono diminui de facto a sua produtividade. Assim, deve descobrir quanto tempo de sono é necessário pessoalmente para si e tentar não quebrar o seu regime.

Mito #4. Estar ocupado=ser produtivo

Quando se está constantemente ocupado, há uma ilusão de que se é muito produtivo e se controla o seu tempo. Se assinalar com orgulho um trabalho feito na sua lista de verificação, isto não significa que seja produtivo. Se esta lista de verificação estiver cheia de tarefas sem importância e não urgentes que possam ser delegadas ou não sejam de todo feitas, não se pode chamar a isto produtividade.

Para assegurar que as suas acções tragam o máximo resultado, aprenda a priorizar as tarefas e a trabalhar primeiro nas mais importantes.

Mito #5. Deve fazer-se superar os declínios

Um conselho bastante popular: "A chave da produtividade está em aprender a trabalhar durante os declínios". Mas porquê desperdiçar os seus poderes em horas de trabalho não produtivas? É melhor gastar este tempo com o uso para resolver tarefas simples de rotina que não requerem grande envolvimento. Por exemplo, deitar fora papéis de refugo, verificar a caixa de correio electrónico ou fazer uma pausa e apanhar um pouco de ar fresco. Não desperdice a sua preciosa energia na altura do dia em que é menos produtivo.

Mito #6. O trabalho é, acima de tudo

As pessoas realmente bem sucedidas e produtivas sabem que não se deve pôr o trabalho acima de tudo na vida. A verdadeira arte é encontrar o equilíbrio entre a vida privada e o trabalho.

Se decidir trabalhar aos fins-de-semana, dedicar-lhe horas rigorosamente regulamentadas. Caso contrário, ao tentar ser o mais produtivo, arrisca-se a ficar atolado no trabalho durante todo o fim-de-semana. Se não tiver descanso suficiente, simplesmente não recuperará o seu poder e o seu nível de produtividade diminuirá muito na próxima semana.

Mito #7. Multitarefa é tudo

Estudos neste campo mostram que o multitarefa é o assassino da produtividade. É impossível fazer duas coisas ao mesmo tempo e ser eficaz ao mesmo tempo. De facto, a multitarefa é a constante mudança de uma coisa para outra num mesmo período de tempo. Cada vez que se troca o cérebro precisa de algum tempo para se concentrar na nova tarefa.

A multitarefa também tem uma influência negativa na qualidade do seu trabalho. Se saltar de uma tarefa para outra o tempo todo, o resultado geral pode ser bastante pobre.

Mito #8. A Internet é o inimigo da produtividade

Algumas pessoas insistem que a Internet enche o nosso cérebro de informação inútil, faz-nos pensar ou procurar menos soluções por nós próprios. É claro que existe um certo nível de ruído de informação na rede global, mas a conclusão de que a Internet nos torna estúpidos está errada.

Muito pelo contrário, a Internet ajuda-nos a poupar tempo e a gastá-lo nas tarefas verdadeiramente úteis. Não há nada de errado em procurar no Google a informação certa em vez de manter muitos números e datas inúteis na sua memória.

Mito #9. Quanto mais tempo se trabalha, mais trabalho se faz

A afirmação de que quanto mais tempo passar no escritório, mais tarefas consegue completar não é 100% verdadeira. De acordo com a lei de Parkinson, os contratos de trabalho devem adaptar-se ao tempo que lhe damos. Por exemplo, se decidir deixar o trabalho às 6 horas de hoje, trabalhará com a maior motivação para terminar tudo até essa hora. Se decidir que pode trabalhar até tarde para fazer mais, com grande probabilidade completará a mesma quantidade de tarefas, mas gastará mais tempo em cada uma delas.

Mito #10. Uma mesa de trabalho limpa ajuda a aumentar a sua produtividade

Se uma mesa de trabalho limpa ajuda ou não a aumentar a sua produtividade depende da pessoa e das suas preferências individuais. Estudos mostram que algumas pessoas precisam de algum caos criativo na sua mesa para serem inventivas e eficientes. Nem todas as pessoas serão produtivas no local de trabalho perfeitamente organizado.

O problema da maioria dos mitos acima referidos é que eles não são universalmente verdadeiros. É por isso que quando se tenta aumentar a produtividade, concentramo-nos em nós próprios e usamos conselhos e métodos de forma sensata.